Vinho - 29.Jun - Certificado de qualidade

Asprovinho é a segunda associação brasileira a receber Indicação de Procedência


A Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), recebeu um parecer favorável do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), que concedeu a Indicação de Procedência (IP) a todos os vinhos finos e espumantes das seis vinícolas integrantes da associação, que se tornou a segunda brasileira a receber o certificado, seguindo o Vale dos Vinhedos.

O IP, que deverá ser emitido ainda este ano, certifica a aplicação dos conceitos da legislação da propriedade industrial e a origem e padrão de qualidade dos vinhos de Pinto Bandeira. "Estamos trabalhando na seleção de variedades, técnicas de elaboração, formas de controles, dentre outros itens, visando traduzir as características do terroir da região", afirmou o presidente da Asprovinho, Luciano Vian.

O projeto de estudos foi iniciado em 2004 e teve um desfecho final este ano. "Os vinhos de Pinto Bandeira apresentam as características dos vinhos da Serra Gaúcha, mas com um diferencial que garante uma tipicidade própria: a altitude. Valorizam um território delimitado, onde o ciclo de maturação das uvas é mais tardio, o que permite a produção de vinhos particulares, com especial aptidão para os espumantes", declarou o pesquisador da Embrapa Uva e Vinho, Mauro Zanus, que coordenou e realizou a análise sensorial dos vinhos desde o início.

O projeto foi coordenado pela Embrapa Uva e Vinho em conjunto com a Asprovinho, Embrapa Clima Tem Temperado, Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), além de contar com o financiamente da Financiador de Estudos e Projetos (Finep).

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+Construção de estrada causa polêmica na Alemanha

+ Mexicanos e brasileiros aumentam venda de vinhos em Mendoza

+ Arqueólogos encontram vasos de vinho do século II na França

+Região francesa de Rasteau é promovida a AOC

+Vinícolas francesas realizam festival de música clássica

+China será o sétimo maior consumidor de vinhos em 2013, segundo estudo

Da redação

Publicado em 29 de Junho de 2010 às 14:52


Notícias