Revista ADEGA
Busca

Vinho - 17.Jan - Consumo

Até 2014, produção e consumo na China devem crescer ainda mais


O consumo e a produção de vinhos na China devem aumentar exponencialmente nos próximos anos.

De acordo com os dados do International Wine and Spirit Research (IWSR), o consumo de vinhos na China e em Hong Kong cresceu mais de 100% entre os anos de 2005 e 2009, passando de 46,9mi para 95,9 milhões de garrafas. A organização prevê, ainda, que até 2014, o crescimento seja de mais 20%, podendo chegar a 126,4 milhões.

Já em termos de produção doméstica de vinho, o país deve ampliar cerca de 80% nos próximos quatro anos. Vale lembrar que segundo dados do governo, 90% do vinho bebido na China é produzido internamente.

Atualmente, França, Itália e Espanha são os maiores produtores de vinho. No entanto, até 2014, a expectativa é de que a produção caia de 1 a 7%. Os únicos países que irão crescer de produção serão a Argentina, com cerca de 13%, Chile, com 8%, África do Sul, 7% e China.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Viticultor grego é eleito prefeito da segunda maior cidade da Grécia
+ Bordeaux começa a investir nos orgânicos
+ Vinícola australiana encampa campanha contra AIDS

Produtor de vinhos e astro do futebol Americano, Charles Woodson brilha na reta final da NFL
+ A favor da sustentabilidade, produtora espanhola lança linha de cosméticos à base de uvas

Redação
Publicado em 17/01/2011, às 12h07 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias