Vinho - 21.Mai - Aubert de Villaine é homem do ano

Aubert de Villaine é eleito o homem do ano da Decanter


decanter.com
Aubert de Villaine (segundo da direita para a esqueda) é o Homem do Ano da Decanter
Aubert de Villaine foi oficialmente condecorado o Homem do Ano da Decanter, em um jantar em sua homenagem em Londres, no dia 13 de maio deste ano.

De Villaine é o diretor da legendária vinícola Domaine de la Romanee-Conti, produtora de vinhos que viraram lenda ao redor do mundo. Toda a sua produção é considerada grand cru, a mais alta das quatro categorias de vinhos.

"Você representa tudo o que eu admiro na Borgonha. Se a reputação da região nunca esteve melhor, é a você que temos que agradecer", disse a editora da Decanter, Sara Kemp, ao premiado da noite. "Você é o pai da Borgonha moderna, mas uma Borgonha que não seguiu tendências ou conveniências comerciais. Uma Borgonha que é sinônimo de artesanato, terroir e autenticidade".

No cargo desde 1874, o francês faz parte da sexta geração à frente dos vinhedos. Ao receber o prêmio, de Villaine elogiou seus conterrâneos: "Se a Borgonha está bem hoje e a qualidade dos vinhos está melhor do que nunca, é por causa do nosso retorno aos valores que a fizeram famosa - os valores da terroir". E completou: "Trinta anos atrás, as terroir eram ignoradas. Hoje parecem um objetivo para as regiões vinícolas ao redor do mundo".

O jantar, organizado pela agência britânica da DRC, Corney & Barrow, teve como convidados, ilustres nomes do mundo do vinho, como Lalou Bize-Leroy, Hubert e Etienne de Montille, Pierre Henry Gagey, Frédéric Mugnier, Jacques Seysses e François Faiveley.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Vega Sicilia está de mudança para La Rioja, afirma jornal espanhol

+ Beber meia garrafa de vinho por dia faz bem à saúde

+ Fraude de vinhos falsos é descoberta no sul da França
+ Maior loja Bordeaux do mundo é aberta em Paris

+ Regulamentação de vinho ecológico causa polêmica

Da redação

Publicado em 21 de Maio de 2010 às 07:22


Notícias