Revista ADEGA
Busca

Austrália, EUA e União Européia defendem DOC


Novas regiões vinícolas norte-americanas, australianas e européias juntaram-se a grandes empresas vinícolas norte-americanas para um reconhecimento das denominações de origem controlada (DOC). Representantes dos vinhos de Chianti (Itália), de Tokaj (Hungria) e da Califórnia (Condado de Sonoma e Paso Robles, entre São Francisco e Los Angeles) assinaram a carta das regiões produtoras para proteger o nome e a origem dos vinhos. Outra grande exportadora, a Austrália, esteve representada pelas regiões de Victoria e de Western Lake.

Para os produtores, defender o nome é defender os direitos do consumidor. As autoridades norte-americanas consideram que a etiqueta é uma associação fundamental dos vinhos à região de produção, o que cria produtos como "Californian Champagne" e "American Porto".

Fernando Roveri
Publicado em 26/03/2007, às 14h53 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias