Revista ADEGA
Busca

Austrália ganha centro de estudos do vinho


A Universidade de Adelaide, na Austrália, inaugurou no campus Waite um instituto de pesquisa de produção vinícola de 2 milhões de dólares australianos, focado na investigação e formação de novos profissionais.

A universidade diz que o centro trará um impulso significativo no vinho do país, desenvolvendo novos conhecimentos, métodos e tecnologia de produção. Entre outros assuntos, serão investigadas as alterações climáticas, restrições de água e os níveis de álcool.

Vladimir Jiranek, professor de enologia de lá, afirma que o enfoque atual será na melhoria no manejo do sabor, aroma e nível alcoólico dos vinhos. "A indústria australiana está enfrentando dificuldades por conta das mudanças climáticas e o aumento do conteúdo alcoólico dos vinhos. Esse instituto de pesquisa chegou num momento crítico para ajudar a manter a competitividade mundial do vinho australiano", diz.

Pelo menos 12 candidatos com PhD e três com pós-doutorado no assunto deverão trabalhar no centro.

Mais notícias sobre vinhos...

Mendoza lança Bus Vitivinícola voltado para o enoturismo

Mulheres que bebem vinho têm vida sexual mais ativa

Governo francês coloca adega presidencial a leilão

China já é o quinto mercado mundial de vinho

Mais da metade dos consumidores não entende as notas de degustação, afirma pesquisa

Redação
Publicado em 10/05/2013, às 12h16 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias