Revista ADEGA
Busca

Vinho - 26.Out - Intercâmbio de tecnologia

Bahia quer trazer tecnologia francesa para seus vinhedos


O governo da Bahia pretende capacitar o estado a produzir vinhos e espumantes de qualidade através de uma parceria com a empresa francesa Coopérative des Ricevs. O protocolo de intenções assinado pelas partes visa levar a pequenas e médias vinícolas, tecnologia necessária para melhorias na produção.

Vinícola localizada no Vale do São Francisco
"Nosso objetivo é conseguir as condições necessárias para que pequenos e médios vinicultores tenham acesso à industrialização e verticalização da vitivinicultura", afirmou o secretário do governo da Bahia, Roberto Muniz.

Alguns estudos estão sendo elaborados pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), com o objetivo de implantar Unidades de Observação em alguns vinhedos experimentais, para avaliar o desempenho das videiras destinadas ao plantio de uvas capacitadas à produção de vinhos finos na região do Vale do São Francisco. 

Assim, o governo pretende encontrar uma maneira de unir o agronegócio, que deve crescer com a transposição do rio, e técnicas de desenvolvimento sustentável, cada vez mais difundidas e requisitadas no mercado internacional.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Exportações australianas crescem, principalmente nos mercados asiáticos

+ O Melhor Vinho do dia: Ao show do U2 no Califórnia!

+ Consumo de vinhos aumenta na Bélgica durante a crise

+ Região dos Vinhos Verdes tem perspectivas de produzir "grandes vinhos" este ano

+ EUA terão maior e menor DOC do mundo

Redação
Publicado em 26/10/2009, às 13h38 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias