Mundo Vino

Barolo biodinâmico

Rivetto se torna o primeiro biodinâmico certificado em Barolo


 

Vista dos vinhedos da vinícola Rivetto no Piemonte

Rivetto tornou-se a primeira vinícola nas zonas de Barolo e Barbaresco a ser certificada biodinâmica pelo Demeter, um dos maiores organismos de certificação, após 10 anos de trabalho de conversão de vinhedos e processos. Toda a produção anual de 100 mil garrafas de Rivetto será certificada biodinâmica, começando com seus vinhos da safra 2019. 

LEIA MAIS

» A origem do Barolo Single Vineyard

» Confira os rótulos da vinícola Rivetto que a ADEGA já degustou

Fundada em 1902, Rivetto se estabeleceu entre Sinio e a comuna dde Serralunga d'Alba em 1938. Enrico Rivetto, a quarta geração da família, ingressou na propriedade em período integral em 1999 e começou a se converter a viticultura para orgânica em 2009. Ele recebeu a certificação em 2016. Pouco a pouco, ele acrescentou elementos de práticas biodinâmicas, plantou variedades antigas de milho e trigo, ervas aromáticas e flores perenes junto com 550 árvores para criar um ambiente de biodiversidade. 

“A biodinâmica é um sistema agrícola autossustentável. Ela deve ser a norma para uma propriedade agrícola”, comentou. Além da saúde do solo, ele reforça o sistema de defesa das videiras com sprays naturais e segue os ciclos da natureza.  

Cultivar algo diferente de videiras em uma zona em que um hectare custa mais de 1,2 milhão de euros foi um desafio para Rivetto. O maior obstáculo foi a introdução de animais, no caso deles, burros, que agora fornecem adubo para o composto caseiro. Mas os animais ocupam espaço. “Em uma zona onde a maior parte da terra é dedicada às vinhas, ninguém quer abrir mão de vinhedos”. No total, Rivetto sacrificou 1,2 hectare de videiras, deixando 15 em produção. 

“Não há certificação mais rigorosa que Demeter. Não sei se isso me ajudará a vender mais vinho, mas é uma demonstração de que, se você trabalhar duro, poderá obter resultados significativos”. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 24 de Setembro de 2020 às 20:00


Mundovino barolo biodinâmico vinho