Vinho - 10.Mar - Mercado

Restaurantes londrinos abaixam preço de vinhos de qualidade e percebem aumento na clientela


Algo óbvio, mas pouco realizado em outros lugares do mundo. Os restaurantes de Londres tomaram uma atitude em conjunto e agora colhem bons frutos. Os mesmos têm reduzido o preço dos vinhos de qualidade para aumentar os consumidores e induzi-los a provar os mais caros.

Luna Garcia
Tática adotada parece ser boa alternativa para outros restaurantes

A cadeia de restaurantes D & D London reduziu o preço de 2.000 vinhos que estavam sendo vendidos a 50 libras, o equivalente a 58 euros. E, além disso, no dia 14 de março será realizado o "Top 100", com grandes descontos.

De acordo com o diretor geral do D & D London, Des Gunewardena, a tática tem dado certo. "Conseguimos uma reação muito positiva nesses primeiros dias".

Mas como uma ação como essas é apenas temporária, as empresas passam a estudar essas tendências a longo prazo, visando vender mais garrafas.

"Este é um movimento completamente positivo. Tomamos a decisão de vender muito mais vinho com um preço menor do que vender uma quantidade bem inferior com os preços altos", disse Gunewardena.


Entre os vinhos que obtiveram descontos estão o Petrus 1995, que está custando 1.450 libras, e uma garrafa de Champanhe Cristal Roederer de 2002 a 2004, que passou a ser vendida de 323 por 156 libras.

O co-proprietário do requintado restaurante Bob Bob Ricard, Leonid Shutov, adotou uma nova medida que estabelece que o lucro máximo em relação ao melhores vinhos deve chegar até 50 libras por garrafa.

"Nós oferecemos as pessoas uma boa razão para poderem melhorar nos seus pedidos. Assim todos ganham, nós obtemos uma boa clientela que pode fazer uma excelente compra, devido aos preços".

O restaurante Bob Bob Ricard vende a garrafa Pol Roger 1988 por 153 libras por garrafa, enquanto isso, em outros restaurantes, o valor pode chegar a 1.000.

Mais notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Renomado Vinhedo da Califórnia é vendido para Bettina Sichel

+ Suspeito de causar incêndio em vinícolas dos EUA em 2005 agora se diz inocente

+ Grande distribuidora de vinhos britânica fechará 39 lojas para reformas

+ Evento de calçados em Xangai e Hong Kong promove vinhos brasileiros

+ Evento destaca as novidades vinícolas da região de Alicante, na Espanha

Da redação

Publicado em 10 de Março de 2011 às 08:54


Notícias