Revista ADEGA
Busca

Vinho - 29.Nov - Mercado

Rémy Cointreau põe à venda suas marcas de champagne


A companhia francesa de bebidas Rémy Cointreau colocou à venda as marcas de champagne Piper-Heidsieck Charles Heidsieck em um negócio que pode levantar até US$450 milhões.

A notícia provocou uma intensa especulação sobre quem vai adquirir as marcas. A Diageo e Pernod Ricard são tidas como possíveis candidatas - embora analistas acreditem que um grupo de capital privado seja o comprador mais provável.

Acredita-se que a Piper nunca foi rentável nos 20 anos em que ficou sob comando da Rémy Cointreau.

A presidente da Piper, Anne-Charlotte Amory, passou os últimos anos tentando transformar o negócio e chegou a alcançar uma margem de EBIT de 10-12% (lucro antes do imposto de renda) no ano a março de 2008 - antes de a empresa se ver prejudicada pela desaceleração econômica, em 2008 e 2009

"A Rémy Cointreau Group anuncia que concedeu um mandato para o Crédit Agricole CIB iniciar um processo de licitação para a possível venda da sua divisão de Champagne que compreende, nomeadamente, as marcas Piper-Heidsieck e Charles Heidsieck", afirmou a empresa, em comunicado.

ESPECIAL: Livros para degustar - São diversos os autores e obras que tratam sobre o vinho no mundo, portanto, ADEGA selecionou boas alternativas para todos os gostos e níveis de aprofundamento que você quiser

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

 + Vinho é enredo de Carnaval em São Paulo

+Patriarca do vinho californiano comemora 100 anos
+ Filha de "escritor do vinho" lança álbum

+ Califórnia lança "ciclovia do vinho"

+ Enólogo português Antonio Saramago visita a Abravinis nesta quarta-feira
+ Iniciativa australiana é



Redação
Publicado em 29/11/2010, às 10h37 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias