Vinho - 10.Ago - Descoberta

Champanhe encontrado em navio naufragado não é Veuve Clicquot


O mergulhador Christian Ekstrom e o champanhe que não é um Veuve Clicquot
O champanhe encontrado por mergulhadoresno início de julho na costa da Finlândia não é um Veuve Clicquot, segundo disse a própria casa de champanhe em um comunicado.

Segundo a empresa francesa, a confusão provavelmente se deu por causa do símbolo de uma âncora que aparece nas rolhas dos frascos, muito semelhante ao Veuve Clicquot. Aparentemente o desenho pertence a uma antiga marca chamada Juglar, que atualmente não existe mais.

No entanto, a reação dos especialistas da empresa francesa ao provarem a bebida foi similar à dos mergulhadores. "Este vinho parou no tempo", disse Dominique Demarville, mestre da adega da Veuve Clicquot, após provar o champanhe. "A conservação extremamente favorável provavelmente parou o seu desenvolvimento", explicou ele.

As 30 garrafas encontradas estavam submersas em uma água pouco salgada, com uma temperatura média de cinco graus Celsius, em um ambiente de escuridão total e sob pressão do mar.

ESPECIAL:Menos borbulhas no champanhe - Após anos de prosperidade "eterna", crise econômica mundial faz a região de Champagne se mexer

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+

Nova Zelândia busca foco em qualidade para combater recessão

+ Washington planeja centro de pesquisa do vinho de US$ 26 milhões

+ Hong Kong se torna o quarto maior importador de vinhos dos EUA

+ Curso culinário para estrangeiros oferece visita a bodegas espanholas

+ Traça europeia coloca outra região da Califórnia em quarentena

Da redação

Publicado em 10 de Agosto de 2010 às 10:42


Notícias