China já é o quinto mercado mundial de vinho


Atualmente o sexto maior país produtor de vinhos do mundo, acima da Austrália e atrás apenas de França, Itália, Espanha, Estados Unidos e Argentina, a China se tornou o quinto mercado mundial de vinho, de acordo com uma pesquisa realizada pela Wine & Spirit. 

Em 2011, os chineses consumiram 159,3 milhões de caixas de vinho, o que representa um amento de 142% em relação a 2007. Nos próximos três anos, a expectativa é que o mercado cresça mais 40%. Um dado curioso é que 99,5% do consumo chinês se dá com vinhos tintos, brancos e rosados. Menos de 1% vem da ingestão de espumantes, o que contradiz a tendência mundial, que é de um aumento nas vendas desse tipo de vinho.

O país com o maior número de habitantes conta com características próprias. Em primeiro lugar, os chineses mostram predileção por vinhos importados cujos nomes sejam de fácil pronúncia. Além disso, privilegiam o vinho tinto, pois sua cor está associada a sorte e a riqueza.

Em termos de consumo per capta, no entanto, a China ainda está bem abaixo dos países ocidentais. Os bebedores chineses consumiram apenas 1,4 litro de vinho per capita em 2011, enquanto os franceses, por exemplo, passaram dos 50.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Mais da metade dos consumidores não entende as notas de degustação, afirma pesquisa

+ Consumo de vinho cai no Velho Mundo, mas sobe no Novo

Vinho tinto combate as células de gordura, diz estudo

Garrafa de vinho mais cara do mundo está à venda na Flórida

Equipe da Wine Advocate ganha três novos críticos de vinhos

Da redação

Publicado em 2 de Maio de 2013 às 08:41


Notícias