Revista ADEGA
Busca

Vinho - 18.Set

China se torna maior comprador de vinhos brasileiros


Durante o primeiro semestre de 2012 a China se tornou o maior comprador de vinhos brasileiros. Segundo dados do Wines of Brasil, projeto realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e pela Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o país importou 21.8% dos vinhos brasileiros, um total de 450 mil dólares. O crescimento foi de 492% em relação ao mesmo período de 2011 (68,4 mil dólares).

divulgação

Quando as exportações para a China começaram, em 2010, foram vendidos US$ 4 mil em vinhos no país. "Basicamente enviávamos amostras. Os negócios começaram pra valer apenas no ano passado", diz a gerente de Promoção Comercial do Wines of Brasil, Andreia Gentilini Milan. Segundo ela, o país tem boas oportunidades para as bebidas brasileiras. "Tudo acontece muito rápido na China, que é um país enorme com uma população gigante e um interesse crescente em vinho", comenta.

Com o crescimento das vendas, as exportações no Brasil cresceram 86% entre janeiro e junho de 2012, em comparação com o ano passado. Durante esse tempo, as vinícolas registraram um total de 1.85 milhões dólares em exportações, enquanto no ano passado só atingiram 996 mil dólares. O valor corresponde a 34% da meta para esse ano. "É um resultado significativo, que merece ser comemorado", explica Andreia.

Mais notícias sobre vinhos...

Estilista Roberto Cavalli anúncia lançamento de seu vinho
Consumidores associam peso da garrafa a qualidade dos vinhos
Franceses se preocupam com a liberação do termo "château" para vinhos estrangeir...
M. Chapoutier processa marca de roupas chinesa com mesmo nome
Dois jogadores sul-africanos de críquete lançam seus vinhos

Redação
Publicado em 18/09/2012, às 08h02 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias