Chineses estão cada vez mais envolvidos com os vinhos franceses


As vendas de vinhos de Bordeaux, um dos mais prestigiados da França, voltaram a crescer em 2012, mas não devido ao consumo interno, pelo contrário. Enquanto os franceses parecem beber cada vez menos vinhos, foram os chineses os grandes consumidores de Bordeaux.

Essa notícia, embora pareça estranha, será cada vez mais comum. Isso porque a China se converteu no principal destino das exportações de vinhos da região, mesmo sem ter tradição neste mundo.

E, se antes o interesse era meramente no consumo de vinhos da França, o cenário está começando a mudar, com investidores chineses se envolvendo no negócio do vinho.

Para se ter uma ideia, nos últimos quatro anos, 30 vinícolas foram adquiridas por investidores chineses, e há cerca de 20 outras em negociação. Essa paixão por vinhos franceses reflete o interesse da China pelo mercado europeu e por artigos que os consumidores consideram finos como vinhos com denominação de origem, marcas luxuosas e etc. Nós próximos anos, a tendência é que esse laço entre os dois países fique ainda mais forte, apesar da resistência francesa em ver suas propriedades em mãos estrangeiras.

Mais notícias sobre vinhos...

Cava pode ter denominação de origem rival em Penedès

Alvarinho tem grande futuro na Califórnia, diz família Torres

Casa Madeira vive boom de vendas de suco kosher na Páscoa

Vinho oficial da Copa do Mundo de 2014 é revelado

Coppola compra vinícola e aumenta produção

Da redação

Publicado em 28 de Março de 2013 às 12:55


Notícias