Revista ADEGA
Busca

Vinho - 07.abr - Bordeaux

Chineses reafirmam interesse pelos vinhos de Bordeaux


Compradores chineses compareceram em número recorde para a degustação da safra de 2009 de Bordeaux. Mostrando bastante apreço pelo vinho, alguns investidores do país inclusive se interessaram em comprar as vinícolas.

Profissionais afirmam que o aumento na demanda chinesa irá alimentar a especulação sobre o vinho de Bordeaux, que já está fora do alcance de muitos amantes da bebida.

Em 2009, a China se tornou o maior mercado importador de Bordeaux fora da União Européia. Para a última safra, os chineses fizeram pedidos que poderão demorar até um ano para serem entregues.

"O novo elemento deste ano é presenciarmos a China, que se tornou um grande mercado para nós, comprar 'primeurs' pela primeira vez", afirmou Francois Leveque, presidente do corpo de corretores dos vinhos regionais.

Philippe Genevey, gerente do Chateau La Marzelle também vê na China um grande e potencial mercado. "Teve um grupo de turistas chineses que afirmaram poder gastar mais de um milhão de euros em vinhos en primeurs", contou.

Outro Chateau que também recebe diversos compradores orientais é o Chateau Haut-Brion. "Esta manhã, vieram 30 de uma só vez. Eles vêem algo de mítico no ano de 2009, então quiseram comprar os vinhos desta safra".

Por fim, Philibert Perrin, cuja família já possuiu um Chateau, pontuou o interesse dos chineses pelos vinhos clássicos e tintos. "Eles têm preferência pelos vinhos Bordeaux clássicos e tintos, o que é bastante interessante para nós".

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+Alterações climáticas assustam produtores australianos
+ O Melhor Vinho do Dia: A mais uma boa notícia da economia brasileira!
+ Ásia supera EUA nos leilões do primeiro trimestre
+ China inaugura museu dedicado ao vinho
+ Vinho tinto pode controlar função erétil do homem


Redação
Publicado em 07/04/2010, às 14h19 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias