Cidade do Vinho vai custar 63 milhões de euros e ficará pronta em 2016

A construção da “Cidade das Civilizações de Vinho” tem recursos da União Europeia e espera-se que o projeto atraia 450 mil visitantes ao ano


Cidade do Vinho

Maquete da Cidade do Vinho

Uma novidade para o mundo do vinho está prevista para ser inaugurada em 2016. O projeto “Cidade das Civilizações de Vinho”, na região de Bordeaux, cuja estimativa de custo está em mais de 63 milhões de euros, será viabilizado com recursos da União Europeia com a premissa de estar incentivando e fortalecendo a cultura vinícola no país.

A ideia começou a tomar forma em 2008 e pôde entrar em execução graças aos 77% do financiamento viabilizados pela UE. O conglomerado de Bordeaux e o governo francês também ajudaram com o orçamento do projeto, mas sua finalização está sendo planejada com recursos do setor privado.

A equipe responsável pelas obras avalia que aproximadamente 450 mil pessoas visitem o ponto turístico anualmente, sendo que destes, 20% serão estrangeiros. Além disso, o projeto prevê a realização de duas grandes exposições a cada ano, bem como diversos eventos artísticos, científicos e culturais relacionados ao vinho.

A Cidade do Vinho deverá ter um auditório com 250 lugares, um salão de leitura e seis salas para eventos especiais. E para que seja possível a visita completa pelo complexo, os arquitetos estão calculando aproximadamente três horas de passeio, tempo suficiente para que os visitantes vivam todas as experiências sensoriais da degustação de vinho.

Para saber mais sobre o projeto, clique aqui.

Da redação

Publicado em 6 de Março de 2014 às 08:12


Notícias cidade do vinho