Revista ADEGA
Busca

Cientistas australianos fazem roupas de resíduos de vinho


Pesquisadores australianos desenvolveram uma tela de bactéria responsável pela fermentação do vinho e da cerveja. A capa de celulose, parecida com a goma que se forma na superfície quando o vinho é exposto prolongadamente ao oxigênio, é utilizada para criar uma "tela fermentada".

A capa é levantada dos tanques e colocada sobre um manequim inflável para tomar a forma de um vestido. Quando a bactéria se reproduz e une a capa, a boneca é desinflada e a tela fica com a forma do vestido desenhado, pronta para o uso. A bactéria tece as fibras e não são usadas máquinas de costura ou outros equipamentos. No entanto, o novo tecido tem suas desvantagens: deve-se mantê-lo úmido porque, assim como o papel toalha, as fibras são curtas e, quando secas, ficam muito fáceis de rasgar.

Fernando Roveri
Publicado em 12/04/2007, às 12h34 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias