Revista ADEGA
Busca

Infinitamente

Cientistas criam 'microvinícola' que produz vinho em 60 minutos

A bebida pode ser feita através da fermentação de um suco de uva envelhecido


Pesquisadores desenvolveram um apetrecho em miniatura capaz de produzir vinho através da fermentação de suco de uva envelhecido com a ajuda de leveduras estrategicamente instaladas no dispositivo.

Esta ''microvinícola'', que está sendo analisada por cientistas suíços e norte-americanos, pode produzir vinho em um período de 60 minutos. Muito mais rápida do que a vinificação feita em barris que podem levar inúmeras semanas para se concluir.

A ''microvinícola'' foi desenvolvida pelo cientista Daniel Attinger da Universidade Estadual de Iowa. Attinger, que atua na área de pesquisa microfluídica e multifásica, disse que o apetrecho, foi feito para ajudar enólogos e especialistas em vinho melhorarem sua compreensão sobre os processos de fermentação.

Daniel Attinger (à direita) com outro pesquisador (à esquerda)

Tipicamente, o vinho é produzido através da adição de leveduras em barris com sumo de uva, mas este processo leva até três semanas para se completar. Com o dispostivo, o vinho pode ser fermentado em um espaço muito menor e em menos tempo.

No novo gadget, as leveduras são armazenadas em pequenos compartimentos e são liberadas no suco de uva envelhecido através de uma fina membrana que é perfurada com pequenos poros. Quando o suco é fermentado, o fermento absorve o açúcar e solta os dióxidos de álcool e carbono e prepara a amostra de vinho.

A ''microvinícola'' pode ajudar os enólogos comerciais testarem ingredientes ou métodos mais rápidos ao invés de esperar semanas por um resultado do vinho fermentado em barril.

Daniel está testando o equipamento com cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, que não descartam a possibilidade de que o projeto possa ser usado em fermentações domésticas, mas apontam as desvantagens do apetrecho.

Primeira desvantagem, o dispositivo fermenta 1 ml de vinho por hora, o que é 0,13% de uma garrafa de vinho de 750ml.  Neste ritmo, o usuário doméstico levaria até quatro dias para poder degustar apenas uma taça. Em segundo lugar, o sabor do vinho produzido pela pequena vinícola não possui um gosto refinado e, sim um paladar de uma bebida feita para pesquisas, segundo os cientistas.

Redação
Publicado em 08/07/2016, às 15h00 - Atualizado em 12/07/2016, às 15h37


Mais Notícias