Vinho - 22.Mar - Idade

Cientistas descobrem meio de datar o ano dos vinhos


Cientistas da Universidade de Adelaide, na Austrália, encontraram uma maneira de identificar a idade dos vinhos a partir do elemento carbono -14. Assim, a fraude na idade dos vinhos será praticamente impossível.

Segundo as pesquisas, a partir da relação entre as quantidades de carbono-12 e carbono-14 presentes do vinho, é possível dizer com precisão o ano da safra da uva.

Enquanto o carbono-12 é um elemento estável e absorvido a partir do CO2, o carbono-14 é um elemento radioativo, também conseguido através da fotossíntese, que vai sendo "perdido" ao longo dos anos. Quando um organismo morre, o carbono-14 não é mais absorvido, e a partir daí vai perdendo uma determinada partícula e se transforma em átomos de nitrogênio-14. Já as quantidades de carbono-12 permanecem iguais por ele ser um elemento de certa estabilidade.

A relação entre o carbono-12 e o carbono-14 é a mesma para qualquer organismo vivo. Mas quando este morre, o carbono 14 decresce e o outro se mantém, tornando possível determinar o ano exato de sua morte - no caso do vinho, o ano se sua safra.

Este novo método foi testado em 20 vinhos australianos, obtidos entre 1958 e 1997, e teve margem de erro de um ano.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Primeira rede francesa sobre vinhos corre o risco de ser cancelada
+ O Melhor Vinho do Dia: Aos 50 anos do heroi Ayrton Senna!

+ Vinho ajuda a movimentar comércio na páscoa
+ Tannat faz do Uruguai uma estrela em ascensão
+ Historiador classifica vinho como "pilar da existência" do povo galego

Da redação

Publicado em 22 de Março de 2010 às 12:43


Notícias