Revista ADEGA
Busca

19.Nov - Vinhos - Ciência

Cientistas identificaram alérgeno misterioso no vinho


A descoberta pode evitar reações alérgicas a vinho
Cientistas identificaram o alérgeno misterioso no vinho que causa dores de cabeça, nariz entupido, erupções cutâneas e outros sintomas de alergia.


Giuseppe Palmisano e colegas sugerem que as glicoproteínas - proteínas revestidas com açúcar produzido naturalmente, como fermento para as uvas - podem ser culpadas.

Sua análise de Chardonnay italiano descobriu 28 glicoproteínas, algumas identificadas pela primeira vez. A equipe descobriu que muitas das glicoproteínas de uva tinham estruturas semelhantes à alérgenos conhecidos, incluindo as proteínas que desencadeiam reações alérgicas a ambrósia e látex.

A descoberta abre a porta para o desenvolvimento de processos de vinificação que minimizem a formação das glicoproteínas e ofereçam aos consumidores vinhos pouco alérgicos.

Alergias ao vinho ocorrem em cerca de 8% das pessoas em todo o mundo. Apenas 1 por cento destes casos envolvem sulfitos, substâncias contendo enxofre, que vinicultores adicionam ao vinho para prevenir a deterioração.

O novo estudo aparece em paublicação mensal da ACS of Proteome Research (ANI).

ESPECIAL: O paradoxo francês - O debate em torno dos benefícios do vinho para a saúde voltam à tona com a campanha do governo francês contra o consumo de álcool. Mas vinho não é só álcool

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+O Melhor Vinho do Dia: Aos 25 anos do Windows

+MoMA de São Francisco dedica exposição ao vinho

+ O Melhor Vinho do Dia: À "fortuna"

+ Champagnes bicentenários são encontrados na Islândia
+ O Melhor Vinho do Dia: À chegada do Trem Bala

+ Entre socos e trombadas, uma taça de vinho

+ Nordeste dos Estados Unidos espera "safra da década"

+ Tradicional vinícola californiana fecha as portas

+ O melhor vinho do dia: Ao sucesso da Petrobras
Ao sucesso da Petrobras


Redação
Publicado em 19/11/2010, às 09h47 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias