Revista ADEGA
Busca

Clive Coates põe em xeque

Clive Coates, que escreve sobre vinhos, põe em xeque a pontuação numérica dos vinhos


Você já ouviu falar dos superdegustadores? Pois é, essas pessoas são chamadas assim porque possuem uma genética que lhes permitem gostar de todos os tipos de vinho. Ou seja, sendo assim a sua estrutura genética pode determinar os vinhos que você gosta de degustar e "cheirar".

Um conhecido autor francês sobre vinhos, chamado Clive Coates, recentemente desdenhou dos críticos americanos que gostavam particularmente de um controvertido vinho tinto de Bordeaux dizendo que: "qualquer um que goste daquele vinho, deve fazer um transplante de cérebro". Isso pode significar que os britânicos vêem os americanos como geneticamente diferentes no que se refere à degustação de vinhos tal como ela é concebida pelos europeus.

Nos últimos anos, um grande número de tradicionais analistas da indústria do vinho, muitos deles da Inglaterra, tem assinalado aquilo que acreditam ser uma grande falha no esquema rígido de analisar um vinho através de pontuação numérica. A crítica deles é que um pequeno número de avaliadores americanos parece ser encantado por um estilo de vinho que outros críticos classificam como algo longe de ser um grande vinho.

Redação
Publicado em 09/02/2009, às 11h46 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h45


Mais Notícias