Revista ADEGA
Busca

Vinho - 27.Out - Mais vinho

Colheita das D.Os galegas é 17% maior do que em 2008


Na contramão das outras Denominações de Origem vitivinícolas da Espanha, que mostraram tendência de decréscimo na safra de 2009/2010, as D.Os galegas (Rías Baixas, Ribeiro, Ribeira Sacra, Monterrei e Valdeorras) colheram ao todo 47 milhões de quilos de uva, montante 16,7% maior do que o total de 2008.

As condições metereológicas registradas em agosto e, sobretudo em setembro, favoreceram uma colheita de "qualidade excepcional", tanto na graduação alcoólica, quanto nos níveis de açúcar e acidez da uva.

O maior aumento se deu em Monterrei, onde os vinicultores colheram 2 mi de quilos de uva (51% a mais do que ano passado). Ribeira Sacra terá uma safra de cerca de 5,2 milhões de kg (aumento de 32%), enquanto Valdeorras cresceu 23%, chegando a 5,7 milhões de quilos da fruta. Rias Baixas alcançou os 23,6 milhões, um adicional de 18,7% em relação a 2008. Somente a DO de Ribeira que não acompanhou a tendência, recolhendo apenas 10,5 milhões de kg.

O conselheiro do Meio Rural da Espanha, Samuel Juarez, afirmou que as D.Os continuarão a apostar na melhora da qualidade dos vinhos através da "reconversão varietal", uma atuação que teve início há 20 anos e visa recuperar variedades galegas esquecidas ou extintas.

Além disso, estuda-se atuar sobre a estrutura rural, buscando o minifúndio, que segundo ele, traz mais qualidade tanto a terra quanto ao vinho.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+Bahia quer trazer tecnologia francesa para seus vinhedos

+ Exportações australianas crescem, principalmente nos mercados asiáticos

+ O Melhor Vinho do dia: Ao show do U2 no Califórnia!

+ Consumo de vinhos aumenta na Bélgica durante a crise

+ Região dos Vinhos Verdes tem perspectivas de produzir "grandes vinhos" este ano

Redação
Publicado em 27/10/2009, às 14h00 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias