Vinho - 18.Ago - Mais vale prevenir

Com perigo de incêndio, região dos Vinhos Verdes está segurada


Já são 36 os focos de incêndio ao norte do país: vinicultores não querem arriscar
Com os incêndios se propagando no norte de Portugal, a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) relembrou à imprensa de que a produção de vinhos está segurada.

Em vigor desde 1997, o seguro de colheitas da CVRVV é o maior seguro agrícola de Portugal, cobrindo cerca de 26 mil produtores da região. O investimento de um milhão de dólares protege os viticultores dos sete maiores riscos que uma produção pode correr. Entre eles estão incêndios, geadas, neve, granizo e tornados.

Desde o começo de agosto, Portugal está lutando contra os focos de incêndio que vem se propagando no norte do país. Hoje, as áreas afetadas pelo fogo já somam metade da região.

Segundo autoridades, atos de negligência, como jogar cigarros no chão de ambientes secos, quando somados às altas temperaturas são as principais causas dos incêndios.

ESPECIAL:Verde que te quero - Não é só de tintos que vive Portugal, seu Vinho Verde ganha cada vez mais adeptos, especialmente em países de clima quente

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Produção de vinhos em área pública causa polêmica na Bélgica

+ Empresa lança roteiro de viagem por regiões vitivinícolas da Espanha
+ Mariah Carey exige vinho de 1.500 reais em seu camarim

Nova tecnologia ajuda viticultores a controlar produção à distância

+ Especialistas avaliam potencial do vinho brasileiro na Alemanha

Da redação

Publicado em 18 de Agosto de 2010 às 10:41


Notícias