Revista ADEGA
Busca

31.mar - Comércio de vinhos da Europa aprova

Comércio de vinhos da Europa aprova produção diferenciada de rosés


Ao contrário das medidas de oposição tomadas pela França, em relação às novas decisões da Comissão Européia quanto os métodos de produção dos vinhos rosés, o Comitê Europeu das Empresas de Vinho afirmou sua posição a favor das novas medidas.

O Comitê declarou que as diretrizes não desafiam as práticas de produção de vinhos de qualidade e que permitiram aos produtores europeus se beneficiarem de avanços tecnológicos. Para o órgão, não faz sentido banir o blend de vinho tinto e branco para a produção dos rosados, uma vez que os suportes de medida de cor já foram removidos dentro da própria Comissão.

Atualmente, o mercado de rosés demonstra um franco crescimento e está avaliado em 22 milhões de hectolitros. Apesar do Comitê defender essa medida por acreditar que a manutenção da restrição seria "condenar irremediavelmente parte da produção", dada a forte concorrência mundial no setor, existe uma grande possibilidade de que os rosés produzidos de maneira tradicional protejam sua reputação através de diferenciações na rotulagem.

Fonte: Lusowine

Redação
Publicado em 31/03/2009, às 11h38 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h45


Mais Notícias