Revista ADEGA
Busca

Vinho - 25.Jun

Companhia chinesa compra maior negociante de vinhos de Bordeaux


Uma companhia chinesa de comida comprou participação majoritária na maior negociante de vinhos de Bordeaux, a DIVA, fundada em 1979.

divulgação
Empresa de comida chinesa comprou 70% da DIVA, maior negociante de vinhos de Bordeaux

DIVA é a primeira empresa do setor a oferecer sua parte majoritária a uma companhia chinesa, no caso a Shanghai Sugar Cigarette and Wine (SSCW), uma subsidiária da Bright Food, a maior empresa de comidas da China.

A nova parceria será assinada em Paris na próxima quarta feira (27), e o acordo vende 70% da empresa. O fundador e presidente, Pierre Beuchet, e o diretor geral, Jean-Pierre Rousseau, irão dividir entre si os outros 30% da empresa.

"O trabalho de ser negociante está se tornando mais e mais intenso, e por isso precisávamos de investimentos para chegar ao próximo nível. Analisamos várias opções de fundos e acreditamos que grande parte do futuro de Bordeaux está na China, por isso faremos parte disso", disse Rousseau.

Ele explicou que os clientes internacionais irão permanecer - no entanto, o acesso ao mercado chinês irá aumentar. A empresa já tem um escritório na China com 60 funcionários.

Eles farão um programa para educar os consumidores e investidores na China com festivais de vinhos, harmonizações e uma nova linha de produtos. " Nossa parceria não garante somente fundos, também iremos adquirir uma grande faixa de consumidores, que podem desenvolver novos projetos e marcas. Esperamos construir uma empresa maior e mais forte com eles", acrescentou Rousseau.

Mais notícias sobre vinhos...

Colher uvas manualmente pode não produzir os melhores vinhos
Vinho tem maior crescimento em vendas no primeiros meses do ano
As 10 maiores marcas de vinhos argentinos
Patricia Kluge sai do cargo em sua antiga vinícola
Vinhas são declaradas Monumento Histórico

Redação
Publicado em 25/06/2012, às 08h03 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias