Vinho - 03.Ago - Estilo que veio para ficar

Consumidores determinam e perpetuam estilo de vinho californiano


Não há revolução de estilo na Califórnia: baixa acidez, taninos aveludados e alto teor alcoólico são as características que os norte-americanos querem no seu vinho e que os vinicultores da Califórnia continuam a alimentar.

Divulgação
Oz Clarke
É isso o que dizem Oz Clarke e Margaret Rand, em uma entrevista para a revista Decanter.

Para Rand, "vinhos grandes, ricos em álcool e frutados, vendem". Ela citou o vinicultor Rober Foley, que usa a palavra "monstruoso" como um termo de aprovação para descrever o sabor final de um dos seus vinhos.

Tanto Clarke como Rand comentaram o movimento nascente relativo à produção de vinho em estilo europeu, mais elegante e leve, como faz Coppola na Rubicon, Viader, Leap Wine Cellars ou Clos du Val.

Mas Rand afirmou que eles são uma pequena gota em um grande oceano: a maioria dos vinicultores está presa em um estilo que o público gosta. Como Doug Shafer disse, seus clientes confiam nele: "Eles sabem que o estilo será o mesmo todo ano".

Clarke também fala que, ao mesmo tempo, a geração mais jovem de vinicultores da California está agarrando esse estilo por inteiro. Ele conversou com diversas famílias jovens estabelecidas no Napa, que lhe disseram que queriam seus vinhos "jovens, com alto teor alcoólico, e bem frutado" - e, sobretudo, que pagariam por ele.

Ele concluiu: "aproveite os majestosos Cabernets pelo o que eles são, e aceite que eles estarão lá por muito tempo".

O VINHO NA CALIFÓRNIA:Os Estados Unidos de Baco - Há 31 anos, um vinho desconhecido redesenhou o Atlas Enológico Mundial. Deguste os primórdios da bebida na Califórnia

Mais notícias sobre vinhos...

+ Associação vinícola da Pensilvânia faz campanha que envolve memória e vinho

+ Rótulos de vinho australiano se complementam e ilustram história

+ Vinícolas na Austrália são vendidas em busca de investimento na indústria

+ Alta do dólar kiwi prejudica vinicultores neozelandeses

+ Pesquisadores desenvolvem "língua eletrônica" para classificar vinhos

Da redação

Publicado em 3 de Agosto de 2011 às 07:22


Notícias