17.set - Reciclagem de rolhas de cortiça

Consumidores portugueses de vinho podem ajudar o meio-ambiente


Desde o dia 5 de junho, dia Mundial do Ambiente, já é possível depositar rolhas de cortiça para reciclagem em hipermercados e centros comercias de Portugal.

          Isso se deve ao programa Green Cork, que tem como objetivo não só a transformação de rolhas usadas em outros produtos, como também o financiamento de planos de reflorestamento.

O projeto foi elaborado tendo por base a utilização de circuitos de distribuição já existentes, o que permite se obter um sistema de recolha sem custos adicionais, que possibilita que todas as verbas

Divulgação
sejam destinadas à plantação de árvores, além de não aumentar as emissões de CO2.

As rolhas de cortiça recicladas nunca são utilizadas para produzir novas rolhas, mas têm muitas outras aplicações, que vão desde a indústria automóvel, à construção civil ou aeroespacial.

Como a cortiça é a própria casca da árvore, ela retém CO2 e ao ser reciclada, evitam-se emissões deste gás para a atmosfera, contrariamente ao que acontece quando se decompõe ou é incinerada.

A internacionalização desse projeto já está sendo negociada e, em breve, as rolhas usadas em outros países europeus começarão a ser recicladas em Portugal, contribuindo para o reflorestamento e conservação das florestas autóctones portuguesas.

Da redação

Publicado em 18 de Setembro de 2008 às 10:27


Notícias