Revista ADEGA
Busca

04.Set - Alta

Consumo de café no México pode duplicar em cinco anos


De acordo com o diretor da Expo Café, Marcos Gottfried, nos próximos cinco anos, o consumo de café no México pode ser duplicado, alcançando a marca dos 2,6 quilos por pessoa.

Atualmente, o consumo percapito de café no país é de 1,3 quilo, valor considerado baixo se comparado a outros países latino-americanos, como Brasil e Colômbia, grandes produtores do grão.

Ainda segundo Gottfried, a indústria de café tem um alto potencial de crescimento. "O café do México é um dos melhores do mundo. Temos nossas zonas cafeicultoras em três estados importantes, que oferecem uma vasta variedade, como robusta, arábica e aromáticos".

A Procuradoria Federal do Consumidor (Profeco) acredita que o incremento no consumo do café se dá pelo aumento das cafeterias e restaurantes que têm sido usados como ponto se encontro e lugar para se socializar. A maioria dos lugares como estes estão cheios de jovens que procuram uma diversão mais leve.

Pesquisas do Instituto Nacional de Saúde Pública calculam que 9% do total de bebidas ingeridas por adultos mexicanos correspondem ao café, o que torna a bebida a 5ª mais consumida no país.

O estudo mais recente sobre café afirma que 53% dos entrevistados consomem o grão diariamente, com média de duas ou três xícaras. 85% dos entrevistados consomem café mexicano, principalmente dos estados de Veracruz e Chiapas.

O México ocupa o sétimo lugar em produção mundial de café e á o 11º maior exportador de aromático. Os maiores compradores do produto são os EUA, Bélgica, Alemanha, Japão e Suíça. A produção nacional alcança até 4,6 milhões de sacas por ciclo, dos quais 62% são destinados à exportação.

Confira as últimas notícias sobre o mundo do café...

+ Alemães criam caneca que preserva a temperatura do café

+ Aumento nas exportações de café brasileiro

+ Realizada na Alemanha maior "festa do café" do mundo

Redação
Publicado em 04/09/2009, às 13h07 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias