Vinho - 16.Jun - 2ª bebida mais consumida

Consumo de vinho na Guatemala duplica e é a segunda bebida mais consumida


O consumo de vinho na Guatemala praticamente duplicou durante a última década, alcançando os 262900 litros consumidos no ano de 2010. Desse modo, o vinho começa a disputar com o uísque seu posto de bebida estrangeira mais consumida no país.

Divulgação
Vinho é a segunda bebida estrangeira mais consumida na Guatemala
Responsáveis das principais distribuidoras vinícolas na Guatemala argumentam que 10% da população local consomem qualquer tipo de vinho, um fato que reflete a democratização da bebida, deixando de ser exclusiva de famílias abastadas.

As distribuidoras locais detêm 70% do mercado de Guatemala, enquanto que os 30% restantes são relativos à venda de vinhos em restaurantes. O preço médio por garrafa oscila entre 60 e 1200 quetzales, entre 7,7 e 154 dólares.

As importações de vinhos a Guatemala tem crescido - desde 1,2 milhões de dólares em 1994 até 6,8 milhões em 2010, segundo as estatísticas da Secretaria de Integração Econômica da America Central (SIECA, em espanhol).

Os vinhos chilenos dominam o mercado nacional, com 37,7% das compras do exterior. Os vinhos espanhóis estão em segundo lugar, com 22,6%, seguidos dos estadunidenses, argentinos e italianos.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Preços de safra Bordeaux 2010 também empacam venda nos EUA

+ Safras 2011 da Austrália e da Nova Zelândia excedem todas as expectativas

+ Brinde online fará homenagem a Robert Mondavi

+ Demanda chinesa por vinhos de Bordeaux cresce, mas exige qualidade

+ Novo sistema de identificação facilita precisão no comércio de vinho

Da redação

Publicado em 16 de Junho de 2011 às 08:32


Notícias