Vinho - 26.Jul.

Consumo moderado de vinho durante gravidez não prejudica o feto


Estudos mostraram que beber vinho moderadamente durante a gravidez não causa nenhum dano à criança.  Segundo cientistas, mães que bebem até seis taças por semana têm crianças tão saudáveis e bem desenvolvidas quando as mães abstemias.

divulgação

Foram realizados 5 estudos coordenados pela Universidade de Aarhus, na Dinamarca,  que descobriram evidências sobre os efeitos do consumo da bebida durante a gravidez.  O relatório, publicado no British Journal of Obstetrics & Gynecology, demonstrou que filhos de mães que bebem moderadamente durante a gestação tiveram as mesmas notas de filhos de mães abstemias em testes emocionais e de inteligência.

Apesar dos resultados, os pesquisadores ainda recomendam que grávidas evitem o consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica. 

"Grávidas não deveriam beber álcool, porque não traz nenhum beneficio durante a gravidez", disse o autor de um dos estudos, ginecologista e epidemiologista da Universidade, Schiøler Kesmodel. "No entanto, acreditamos que nosso estudo provou que baixas quantidades ocasionalmente não causam sérias preocupações".

Mais notícias sobre vinhos...

Leilão de vinho arrecada 1.2 milhões de dólares para doação
David Lynch cria garrafa de vinho para Dom Pérignon
Juarez Machado abre sua exposição Castelos de Vinho
Consumo de vinho melhora saúde de mulheres mais velhas
EUA investe em inovação para atrair novos consumidores de vinhos

Da redação

Publicado em 26 de Julho de 2012 às 08:00


Notícias