Revista ADEGA
Busca

Vinho - 30.Set - Saúde

Consumo moderado de vinho reduz risco de desenvolver asma, diz estudo


De acordo com o jornal inglês Daily Mail, beber duas ou três taças de vinho por semana pode reduzir o risco de asma, dizem especialistas.

MAIS: Consumo moderado de vinho reduz riscos de diabetes em até 84%, diz estudo

Divulgação
Duas a três taças por semana reduz o risco de asma
Pesquisadores do Hospital Bispelbierg, em Copenhague, descobriram que aqueles que bebem álcool com moderação são menos suscetíveis a desenvolver essa condição do que abstêmios.

Eles também descobriram, contudo, que aqueles que bebem muito - quatro ou mais taças por dia - têm risco um pouco maior.

Os pesquisadores estudaram quase 40 mil pessoas entre 12 e 41 anos, durante quase uma década.

Eles descobriram que mais de 6% dos que bebiam raramente desenvolveram asma dentro desse período, seguido por 4,5% dos que consomem muito álcool.

Aqueles que ficaram em seis unidades por semana - o equivalente a três taças de vinho ou pints de cerveja - tinham um risco menor, com menos de 4% de desenvolver asma.

Sofie Lieberoth, que apresentou as descobertas a European Respiratory Society em Amsterdã, disse que "enquanto o consumo de álcool em excesso pode causar problemas de saúde, as descobertas sugerem que o consumo moderado pode reduzir o risco de desenvolver asma".

"Ao examinar todos os fatores ligados ao desenvolvimento da asma, nós podemos entender melhor o que causa essa condição e como preveni-la", ela completou.

Leanne Metcalf, diretor do Research at Asthma UK, afirmou: "O efeito do álcool na asma tem sido estudado pelos cientistas com resultados variados; mas muitos relatam o agravamento dos sintomas. Nós também sabemos que o consumo moderado pode ser benéfico em prevenir algumas condições de saúde".

"Esse estudo é valioso, uma vez que há muito pouca pesquisa sobre se o consumo de álcool pode afetar a forma como as pessoas são suscetíveis a desenvolver asma. Ainda é muito cedo, contudo, para dizer se as elas mudariam seus hábitos baseando-se nos resultados dessa pesquisa".

Mais notícias sobre vinhos...

+ Vinícolas se integram a redes sociais a fim de interagir com consumidor

+ Marca de vinho chilena é a mais admirada do mundo, segundo o Drinks International

+ Produtores de Champagne relançam garrafas, que se tornam novo alvo de investidores

+ Novo método de cultivo de uvas pode melhorar qualidade do vinho, segundo pesquisa

+ Rótulo faz alusão ao "Cálice Sagrado dos vinhos"

Redação
Publicado em 30/09/2011, às 08h08 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias