Revista ADEGA
Busca

Vinho - 16.Jul - Polêmica

Crescimento argentino nos EUA é passageiro, diz órgão de vinhos do Chile


De acordo com a organização Vinos de Chile, o crescimento das vendas de vinhos argentinos no mercado norte-americano é passageiro e só durará até o momento em que os americanos se cansarem de pagar a mais por esses rótulos.

O anúncio veio em resposta à notícia de que a venda dos vinhos da Argentina está superando as chilenas nos Estados Unidos.

Em entrevista ao jornal Diário Financeiro do Chile, a organização disse que os enólogos argentinos estabeleceram uma estratégia muito atraente para conseguir vender um Malbec a preços muito elevados nos EUA.

"Mas não no resto do mundo", disse um representante da organização. "Uma vez que os norte-americanos não estiverem mais dispostos a continuar pagando tanto para um mesmo vinho e uma vez que a moda do Malbec passe, os consumidores voltarão a procurar uma relação preço-qualidade melhor e nisso nós somos insuperáveis", afirmou.  

Sobre a "moda" do Malbec, a entidade disse estar convencida de que se trata de uma questão passageira: "com o tempo, vamos voltar a crescer mais do que a Argentina nos EUA - talvez daqui a uns três anos - o mesmo período em que outras modas duraram. A demanda por vinhos Malbec cairá em algum momento e então veremos como a Argentina apóia seu crescimento neles", disse o representante.

A organização também afirmou que os vinicultores argentinos não conseguirão entrar no mercado norte-americano com outras variedades. "Argentina não tem outra variedade tão desenvolvida em níveis de qualidade como o Malbec".

ESPECIAL:Argentina, além da Malbec - Especialistas avaliaram os vinhos argentinos e apontaram caminhos para o desenvolvimento de sua indústria vitivinícola

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Complexidade dos vinhos espanhóisassusta consumidor norte-americano

+ Copa do Mundo alavancou vendas de vinhossul-africanos

+ Centro dovinho francês será inaugurado na China
+ Franceses realizam festivais para celebrar"vinho milagroso"

+ Washigton começa luta contra traça européia

+ França espera repetir produção do ano passado na safra 2010

+ Argentina procura consolidar presença no mercado brasileiro de vinhos

Redação
Publicado em 16/07/2010, às 07h35 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias