Revista ADEGA
Busca

Vinho - 14.Jul - Música e vinho

Crítico de vinhos é homenageado em ópera inglesa


Michael Broadbent, reconhecido crítico inglês de vinhos, foi homenageado em uma música - na ópera cômica The Lovely Ladies.

Divulgação
Cena da ópera The Lovely Ladies
A obra é baseada nos 50 anos de notas de degustação desse colunista da revista Decanter, e está sendo apresentada no Buxton Festival, no norte da Inglaterra.

Executada pela Opera Unlimited, The Lovely Ladies conta a história de um grupo de vinhos que ouve um rumor, às vésperas de um leilão da Christie, que o seu campeão Michael Broadbent está saindo da indústria do vinho.

"Quem pode seduzi-lo para celebrar suas virtudes mais uma vez?", o programa pergunta. "Bordeaux pomposo, bombástico, ou a menina louca, urbana, Champagne? Chateau d'Yquem o conhecia primeiro, mas quem pode competir com o sensual e encorpado Cotes du Rhône?"

Mas de Daumas é um dos vinhos, e o grande crítico de vinho do século de 19 George Saintsbury é um deus ex machina que entra para garantir que todos os vinhos estejam bem.

O autor Peter Cowdrey disse ao Decanter.com que ele se apaixonou com o mundo do vinho quando trabalho com Steven Spurrier na sua loja de vinhos Caves de la Madeleine, em Paris, nos anos 80.

"Quando me foi sugerido pela primeira vez que as notas de degustações de Michael funcionariam como uma ópera, eu imediatamente pensei, sim, é verdade", disse Cowdrey.

A ópera foi realizada pela primeira vez no Christie do ano passado. "A noite borbulhava e chiava, como o melhor Champagne... no todo, uma performance vintage", a revista Musical Opinion disse em uma crítica.

O próprio Michael Broadbente, que já escreveu mais de 400 colunas para a Decanter, deu uma palestra no festival no mesmo dia, e foi assistido por 230 pessoas.

 "Foi uma boa coisa que eu fiz", ele disse. "Senão ninguém saberia quem Saintsbury foi".

Broadbent, que descreve a ópera como "uma brincadeira cômica na tradição de Gilbert e Sullivan", disse que estava grato pelo número de leitores da Decanter na audiência.

O crítico de ópera George Hall disse ao Decanter.com que ele achou a achou uma "peça extremamente divertida" e que Peter Cowdrey fez "um ótimo trabalho".

Mais notícias sobre vinhos...

+ Em três anos, Escócia terá seu primeiro vinho caseiro

+ Rótulo de vinho português tem ilustração com o dono da produtora

+ Grupo industrial de vinícolas estuda mudanças climáticas na região de Napa Valley, Califórnia

+ Para promover os vinhos da Califórnia na China, Wine Institute faz degustação virtual

+ Bodegas Chivite passa por crise, mas não será vendida

Redação
Publicado em 14/07/2011, às 07h53 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias