Revista ADEGA
Busca

Azeite - 18.Mar - Tratamento de doenças

Descobertas propriedades antiinflamatórias no azeite de oliva extravirgem


Pesquisadores do Complexo Hospitalar da Universidade de Santiago (CHUS) descobriram propriedades antiinflamatórias de um derivado químico presente no azeite de oliva extravirgem, o oleocanthal.

Segundo informou o CHUS, o trabalho dirigido por Oreste Gualillo revelou que o oleocanthal é capaz de inibir a atividade de enzimas que desencadeiam processos inflamatórios das células cartilaginosas. Estas enzimas são responsáveis pela síntese de óxido nítrico e pela sucessiva perda de funcionalidade das células da cartilagem

Os processos inflamatórios na cartilagem podem desencadear uma doença chamada artrite, que é caracterizada pela inflamação articular persistente, ainda sem causa conhecida.

Segundo os pesquisadores, este resultado foi só o primeiro passo do estudo, que exige "uma investigação mais ampla e detalhada", que prevê provas farmacológicas in vitro em animais, a fim de confirmar os resultados já obtidos.

Confira as últimas notícias sobre o mundo do azeite...

+ Derivados do azeite podem ajudar a tratar câncer e Alzheimer

+ Universidade espanhola estudará os efeitos do azeite no câncer de mama

+ Azeite de oliva extra virgem estará presente na refeição escolar da Espanha

+Exportações peruanas de azeite de oliva crescem 32%

+ Dieta mediterrânea, rica em azeite, ajuda a prevenir a depressão

Redação
Publicado em 18/03/2010, às 15h45 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias