Revista ADEGA
Busca

Azeite - 08.Out - Eficiência

Dieta mediterrânea, rica em azeite, ajuda a prevenir a depressão


Cientistas espanhóis fizeram um estudo que comparava a dieta da população mediterrânea com o índice de depressão da região. A equipe, das Universidades de Las Palmas e Navarra, acompanhou cerca de 10 mil adultos por quatro anos e concluiu que a alimentação da região ajuda na prevenção da depressão.

O azeite ajuda na prevenção de diversas doenças, dentre elas, a depressão
Após cruzar resultados, os cientistas apontaram que pessoas que seguem esse tipo de padrão alimentar apresentam 30% menos chance de apresentar sintomas da depressão.

Cecília d'Felice, psicóloga, afirmou que as evidências de que a alimentação, baseada em grãos integrais, hortaliças, azeitonas e azeite de oliva extra virgem, pode ajudar na prevenção da doença, são cada vez mais fortes. "O que sabemos é que uma dieta rica em azeite aumenta a taxa de serotonina no organismo".

A serotonina é um neurotransmissor e desempenha um papel crucial no funcionamento do sistema nervoso humano. Ela parece ter funções variadas, como o controle da liberação de hormônios e regulação do ritmo biológico do corpo, além do sono e do apetite. Ainda segundo a psicóloga, a maioria dos antidepressivos atuam visando aumentar a disponibilidade desta molécula nas atividades cerebrais.

Confira as últimas notícias sobre o mundo do azeite...

+ Produção de azeite em Portugal cresce 42%

+ Azeite espanhol espera conquistar mercado russo

+ Vendas de azeite no Brasil aumentam consideravelmente

+ Azeite de oliva é fonte de riqueza em Valência

+ Santa Catarina poderá se tornar produtora de azeitonas

Redação
Publicado em 08/10/2009, às 14h46 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias