Vinho - 15.Jun

Diretores da Maison Labouré-Roi são acusados de fraude de vinho


Quatro diretores da famosa casa de negociação de Borgonha, Maison Labouré-Roi, que existe a mais de 180 anos, foram acusados de fraudar vendas de vinhos.

A policia em Dijon prendeu os diretores essa semana, após uma investigação de 18 meses. Diversos arquivos, computadores e imagens foram levados das instalações da empresa em Nuits-Saint-Georges.

Labouré-Roi, é o maior fornecedor de vinhos da região de Borgonha para linhas aéreas, incluindo a British Airwais, Air France e a United Arab Emirates. Também fornece vinhos para comerciantes, entregando 50% da vendas de exportação online.

divulgação
vinhedos em Borgonha

O promotor público Eric Lallement disse durante uma coletiva de imprensa feita em Dijon no último dia 13, que o alerta do Escritório Nacional de Fraude (DGCCRF) chamou atenção para possível fraude. 

"Era como se a empresa estivesse conseguindo vinificar 100% de seu mosto, o que é impossível", disse ele. Na investigação foram descobertas diversas fraudes como misturar vinhos de mesa ao mosto de vinhos finos. A suspeita é que eles falsificaram cerca de 500 mil garrafas, um valor de 2.7 milhões de euros em vendas.

Há indícios de troca de rótulos também: "Quando a empresa precisava atender os pedidos de um vinho que havia acabado, eles trocavam os rótulos", explicou o investigador. Estima-se que mais de um milhão de garrafa tiveram seus rótulos trocados.

O enólogo, o administrador e os dois proprietários, Armand e Louis Cottian, de 82 e 83 anos respectivamente, foram presos, mas já foram liberados.

O advogado da empresa disse que eles irão cooperar para resolverem os problemas, já que segundas as acusações isso tenha acontecido entre 2005 e 2009: "Sim, fizemos coisas erradas na época, mas já corrigimos todas elas. A empresa irá cooperar totalmente com as investigações".

Mais notícias sobre vinhos...

EUA ultrapassa Itália como maior mercado de vinhos leves do mundo
Equipe da vinícola Pernod Ricard corre para apoiar instituição
Coppola lança vinho em homenagem à sua mulher Eleonor
Pesquisadores descobrem novos compostos quimicos de sabor no vinho
Conselho cria nova classificação para Chianti Classico

Da redação

Publicado em 15 de Junho de 2012 às 08:27


Notícias