Revista ADEGA
Busca

02.jun - DNA será usado para identificar vinhos

DNA será usado para identificar vinhos falsificados


A empresa norte-americana APDN anunciou o desenvolvimento de um sistema para verificar a origem de vinhos finos a partir de exames de DNA.

A técnica, batizada de BioMaterial Genotyping, usa o DNA de ingredientes encontrados nas bebidas para confirmar a veracidade das Denominações de Origem Controlada (DOCs) estampadas nos rótulos.

A companhia está trabalhando em conjunto com vinícolas de Long Island para construir um banco de dados genéticos dos tipos de uva cultivados naquela região, a fim de identificar os vinhos falsificados com maior precisão.

A APDN acredita que essa tecnologia servirá para proteger as marcas e oferecer garantia de qualidade aos consumidores de vinho do país.

Redação
Publicado em 02/06/2009, às 13h46 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias