Revista ADEGA
Busca

Vinho -17.Nov - consumo

Dólar baixo aumenta oferta de vinhos em supermercados


A queda do dólar deve aumentar substancialmente a importação de vinhos neste fim de ano. Em 2008, às vésperas do período de Natal a moeda norte-americana vinha em escalada, chegando a valer R$ 2,33. Nesse fim de ano, porém, o dólar registra baixa contundente, estando no momento cotada próximo a R$ 1,70, desde setembro.

Essa variação cambial pode implicar uma queda de 15% no valor das bebidas e uma subida nas vendas de até 20%. De acordo com Sandro Benelli, diretor da área de importações da rede de supermercados Pão de Açúcar, a oferta, em média, de importados deverá crescer 40% nas nas lojas do varejista. De acordo com Benelli, o Pão de Açúcar aumentou a importação de vinhos, especialmente da América do Sul, em 100%.

A rede de supermercados carioca Zona Sul também garante ter aumentado a importação de produtos típicos do Natal, que serão oferecidos a preços entre 15% e 20% mais baixos do em relação ao mesmo período em 2008. A quantidade de vinho importada pela rede foi 30% maior.

Outra empresa varejista a investir na bebida será Zaffari, do Rio Grande di Sul, que prevê crescer 15% esse ano no embalo do fortalecimento do real. A rede de supermercados gaúcha terá 20% a mais de oferta de vinhos e de outros produtos, como bacalhau e panetones.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Hábitos de consumo na Noruegadiferem dos demais países escandinavos

+ O Melhor Vinho do dia: À vitória brasileira contra a Inglaterra!

+ Venda de vinhos de Madri cresceu 7,9% no último ano

+ Vale do Napa espera crescer ainda mais durante as festas de fim de ano

+ Preços de vinhos finos registram aumento

Redação
Publicado em 17/11/2009, às 13h52 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias