Revista ADEGA
Busca

Vinho - 23.Abr - Alta

Em 2010, preço dos vinhos argentinos subiu até 40%


Os bebedores argentinos de vinho já começaram a sentir no bolso o impacto do aumento do valor da uva como conseqüência das safras reduzidas. Nos supermercados, os ajustes nos preços de vinho chegam a mais de $ 10.  
De acordo com as vinícolas, a colheita reduzida do ano passado (23% menor que a anterior) e o baixo crescimento da atual (apenas 7%), levou à escassez da matéria prima e à forte alta nos preços, que podem crescer de 15 a 40%. Guillermo Garcia, presidente do Instituto Nacional de Vitivinicultura (INV), afirma que o litro do vinho básico tinto passou de $1 para $2 em 2009 e atualmente está na casa dos $2,4. Segundo alguns produtores, os preços ainda vão subir mais. O motivo? "Algumas uvas já estão sendo compradas pelo dobro do preço de 2009, e outras aumentaram 70%. A indústria não está em condições de absorver toso este incremento", revelam.  

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Canadenses estão trocando a cerveja pelo vinho
+ Com mais antioxidantes naturais, vinho promete ajudar na prevenção de doenças

+ Abismo entre vinhos de Bordeaux aumentou nos últimos anos

+ Aeroporto Charles de Gaulle bate recorde em venda de vinho
+ Série "Gran Reserva" estréia com alta audiência, mas gera polêmica

Redação
Publicado em 23/04/2010, às 13h33 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias