Revista ADEGA
Busca

Vinho - 05.Jul - Mercado

Empresa chinesa volta-se ao mercado de vinhos australiano


A direção de marcas de vinho australianas como Penfolds, Rosemount e Lindemanns pode em breve ficar sob domínio chinês, de acordo com algumas reportagens.

Divulgação
Vinícola da Penfolds
A Bloomberg disse que a Bright Food Group, uma empresa alimentícia de Xangai, estava em negociações sobre adquirir a Treasury Wine Estates, companhia que é dona da Penfolds, Beringer, Wolf Blass, Rosemout e outras marcas.

Segundo o site Decanter.com, o preço das ações da Treasury subiu 8,9% - o maior ganho desde o começo das negociações no dia 11 de maio - e dando à empresa um valor de mercado de AUS$ 2,4 bilhões.

Treasury disse que desconhece qualquer motivo para o aumento, mas tomou conhecimento do relatório da Bloomberg e relacionou-o com Bright Food.

Essa última é a líder em produção de alimentos e laticínios em Xangai e tem ambições de se tornar líder global na indústria de alimentos e bebidas.

Ela recentemente falhou em um lance para adquirir metade da empresa francesa Yoplait, que produz iogurtes. A Bright Food agora se volta ao mercado de vinhos australianos.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Logo de traços simples em rótulo de vinho dá ideia de progressão

+ Vinícolas brasileiras começam a utilizar métodos sustentáveis na sua produção

+ Vinhos em garrafa PET ganham força no mercado internacional

+ Segundo estudo, nos próximos 30 anos o cultivo de uvas para vinho na Califórnia será prejudicado

+ Chateau Latour é o último a divulgar preço da sua safra 2010

Redação
Publicado em 05/07/2011, às 06h46 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias