Vinho - 3.Jul.

Espanha, Itália e Grécia pagarão multa por plantação ilegal de vinhas


A União Européia condenou que a Espanha, Itália e a Grécia paguem uma multa de milhões de euros por vinhas plantadas ilegalmente. Os países foram acusados de usar de forma indevida o orçamento fornecido pela Common Agricultural Policy (CAP) da União Européia para vinhedos não licenciados.

A Espanha deve pagar 131.3 milhões de euros e a Itália 98.9 milhões para a Comissão Européia. A Grécia terá de pagar 21.3 milhões de euros, no entanto, por causa da crise econômica, pode atrasar o pagamento em até 18 meses.

Plantações ilegais ameaçam minar os esforços da Comissão para drenar um excedente de vinho da UE. Eles arrecadaram cerca de de  1,1 bilhão de euros nos últimos três anos para compensar os produtores de uva de vinho para o arranque das suas vinhas. 

Plantações de vinhas na UE são atualmente controladas por quotas. A Comissão pensa em liberalizar o mercado, pondo fim a regime de quotas, mas vários países produtores grandes temem que essa medida cause uma nova superprodução.

Mais notícias sobre vinhos...

China anuncia construção de cidade do vinho
Vinícola Evening Land compra Château de Bligny
Chineses preferem rótulos de vinhos com design tradicional
Novas regras para rótulos de vinhos europeus para evitar alergias
Châteu Calon- Ségur pode ser vendido para outro produtor francês

Da redação

Publicado em 3 de Julho de 2012 às 08:39


Notícias