Vinho - 23.Nov - Comércio

Espanha lidera exportações de vinhos a granel


Segundo dados do Observatório Espanhol do Mercado de Vinho (OEMV), Espanha exportou em 2008 cerca de 8,8 milhões de hectolitros de vinho a granel, que corresponderam a entrada de 350 milhões de euros.

O comércio deste tipo de vinho na Espanha chega a 53% do total das exportações vitivinícolas e 17% das exportações totais. Apesar do dado positivo, o preço médio do vinho ainda é inferior ao de países como a França e a Itália.

O ex-diretor de mercados agrícolas da Comissão Européia, Russell Mildon, ressaltou que contribuição do setor de vinhos a granel para a diminuição da emissão de gases do efeito estufa é grande, já que a bebida é transportada em containers e engarrafada no próprio destino, o que diminui a carga final e pode reduzir as emissões em até 40%.

Em 2009, a Itália foi o país que mais obteve dinheiro com a venda de vinhos a granel: 311 milhões de euros. Ela foi seguida pela Espanha e França, com 272 mi, Austrália, com 160 milhões, Chile, que exportou 139 mi e EUA e África do Sul, com 133 e 132 mi, respectivamente.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Uma garrafa de vinho tinto por dia pode combater doença do coração
+ O Melhor Vinho do dia: À beleza da mulher brasileira!

+Leilão de vinhos mais antigo do mundo registra segunda maior arrecadação em 150 anos

+ National Geographic fará documentário sobre a malbec argentina

+ O Melhor Vinho do dia: Aos portugueses, que hoje tentam uma vaga na Copa!

Da redação

Publicado em 23 de Novembro de 2009 às 13:38


Notícias