Revista ADEGA
Busca

Vinho - 02.Fev - Mercado

Especialistas afirmam que a Ásia é o futuro da indústria mundial do vinho


Segundo algumas figuras que devem participar do Vinexpo de Hong Kong, a Feira Internacional do Vinho e Bebidas Alcoólicas, a Ásia é o futuro da indústria mundial de vinho.

Essa opinião vai ao encontro de um novo estudo realizado pela Feira, que este ano acontece em Hong Kong. Segundo as previsões, entre 2009 e 2013, o consumo de vinhos na Ásia irá crescer 25%, chegando à marca dos 1,3 bilhão de litros. Em 2011, a renda proveniente da venda de vinhos poderá chegar a US$ 6 bilhões.

Num período de nove anos, entre 2004 e 2013, o consumo pode aumentar até 86 milhões de garrafas de vinho, enquanto nos EUA irão aumentar 85 milhões. Em 2010, calcula-se que cerca de 70% dos vinhos consumidos serão tintos.

O direto executivo da Vinexpo, Robert Beynat, afirmou que o continente é "o futuro", adicionando que Hong Kong se tornou a porta de entrada dos vinhos por ser o centro do mercado asiático. "Quanto mais forte a economia da Ásia for, mas dinheiro eles terão e mais consumistas ficarão", acrescentou.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Vinícolas australianas usam o vinho para fortalecer o esporte nacional
+ O Melhor Vinho do dia: Vitória brasileira na Austrália

+ Vinho tinto e molho de tomate podem prevenir a leucemia

+ Chateau Leoville Las Cases, de Bordeaux, anuncia seu segundo vinho

+ Coréia do Sul que introduzir Vinho Madeira no país

Redação
Publicado em 02/02/2010, às 14h17 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias