Revista ADEGA
Busca

Vinho - 12.Mai - Pesquisa

Estudo francês garante que redução do teor alcoólico não altera qualidade do vinho


Segundo um estudo elaborado pelo Instituto Nacional de Investigação Agronômica da França, "a redução do teor alcoólico de um vinho é imperceptível e não altera sua qualidade".

Hernan Ojeda, diretor adjunto do instituto, afirmou que a redução alcoólica pode ser feita em todos os tipos de vinho sem que o consumidor perceba a diferença.

Para comprovar a teoria, os pesquisadores do estudo, numa degustação às cegas, colocaram à prova 14 vinhos de certo teor alcoólico, de "boas características" e as mesmas bebidas com gradação menor, e não foi notada diferença alguma.

"A técnica para baixar a gradação é a mesma para todos o tipo de vinho e consiste na utilização de uma técnica especial", explicou Ojeda. Atualmente, a elaboração deste tipo de vinho exige a aplicação de leveduras e genes transgênicos.

Alguns mercados já começaram a bebidas com menos álcool, inclusive por questões de saúde, como por exemplo, a Inglaterra, cuja demanda para vinhos de teor alcoólico de 9% ou menos está em constante ascensão.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ As mulheres preferem o tinto
+ I Feira de Vinhos Ecológicos começa hoje na Espanha
+ O Melhor Vinho do Dia: Aos jogadores que vão à Copa!

+ Terremotonão afetou as exportações de vinho do Chile
+ Garrafas de plástico são cada vez mais frequentes no mundo do vinho

Redação
Publicado em 12/05/2010, às 11h35 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias