Revista ADEGA
Busca

Vinho - 28.Mar

Estudo mostra que enxertos não modificam a qualidade do vinho


Um estudo realizado pela Universidade de Washington mostrou que realizar enxertos em vinhas para que elas fiquem mais resistentes à doenças não afeta a qualidade do vinho.

Divulgação

A pesquisa publicada no American Journal of Enology and Viticultur em março, começou a ser feita em 1999, em um projeto para estudar o efeito de enxertos nas propriedades do vinho.

As análises foram focadas no vigor da planta, formação, produção e maturação dos frutos e na composição do vinho. Os resultados mostraram que não há  variações nas propriedades do vinho entre plantas com ou sem enxertos e nem nos seus métodos de produção;

"A grande preocupação contra plantas enxertadas era por causa da qualidade, mas depois desse estudo vimos que não prática não há diferença alguma", disse o enólogo, Jim Harbertson.

Mais notícias sobre vinhos...

Consumo moderado de vinho melhora saúde de homens pós-infarto
Fundação realiza harmonizaçao de vinho para construção de casa de repouso
Morre John Avery, um dos mais importantes vendedores de vinhos da Inglaterra
Vendas de vinho crescem 181% na última década no Canadá
União Europeia cria projeto para revitalizar vinhedos de ex-mafioso

Redação
Publicado em 28/03/2012, às 08h44 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias