Vinho - 08.Jul - Consumo

Exportações argentinas superam chilenas nos Estados Unidos


Uma pesquisa feita pelo instituto Caucasia Wine Thinking para a organização Vinos de Argentina A.C. mostrou que o crescimento das exportações dos vinhos argentinos no começo deste ano tem sido intenso. Em alguns setores, o aumento foi tanto que chegou a superar, inclusive, o prestigiado mercado chileno.

No final de 2009, as exportações chilenas para os Estados Unidos chegaram ao valor de 205 milhões de dólares, enquanto a Argentina fechou o ano com aproximadamente 190 milhões. Nos primeiros cinco meses deste ano, no entanto, enquanto o Chile faturou 59 milhões de dólares no mercado norte-americano, os vinhos da indústria argentina obtiveram mais de 76 milhões.

No total, as exportações de vinhos argentinos atingiram mais de 320 milhões de dólares, no período de janeiro a abril deste ano. Apesar da quantidade de vinhos vendidos ter sido menor do que no ano passado, o preço da bebida aumentou. O litro do vinho argentino chegou aos 2,66 dólares, quantia 28% maior do que em 2009.

Sobre os espumantes, as exportações cresceram 32,4%, gerando um total de 4,2 milhões de dólares. O crescimento neste setor se deve, em parte, aos companheiros sul-americanos. Os envios destes vinhos a Brasil, Colômbia e Paraguai tiveram aumento de 100% nos primeiros cinco meses de 2010.

ESPECIAL: O valor do vinho - Por que há vinhos baratos e outros que custam fortunas? Quais o fatores que influenciam os preços?

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Emma Thompson e outras celebridades divulgam vinho no Reino Unido

+ Vinícolas australianas buscam reconhecimento

+ Super loja de vinhos será aberta em novembro na Flórida

+ Vinícolas recorrem às mídias sociais na Califórnia

+ Sul da França promove seus rosés durante verão europeu

+ Em nome da luta contra o câncer, personalidades do vinho farão "strip-tease" em Londres

Da redação

Publicado em 8 de Julho de 2010 às 07:04


Notícias