Vinho - 08.Out - Mercado

Exportações chilenas de vinho alcançam US$ 1,5 milhões e atingem meta do setor


Nos últimos 12 meses, as exportações do Chile chegaram a 1,5 milhões de dólares, atingindo assim a meta esperada pelo setor vitivinícola do país. A indústria, no entanto, está preocupada com as possíveis conseqüências da atual desvalorização do dólar e a saturação da moeda estadunidense.

Ao anunciar que as vendas de vinho para outros países alcançou 1,5 milhões de dólares, René Merino, presidente da organização Vinos de Chile, também manifestou sua preocupação com o atual momento econômico global.

"A rentabilidade da indústria agrícola e exportadora continua muito afetada por um tipo de moeda que ataca diretamente a competitividade do setor e gera instabilidade", disse Merino.

No comércio de vinhos engarrafados a tendência positiva das exportações se manteve, passando pelos primeiros oito meses do ano com taxas crescentes tanto em volume, com 12% de aumento, como em valor, com 0,7%.

OMelhorVinho.com.br: Apesar das instabilidades do mercado, que tal aproveitar o bom momento dos vinhos chilenos para degustar um Carménère? ADEGA indica o Leon de Tarapacá Carménère 2008, uma bebida bem elaborada, sem maiores afetações e, o melhor, com uma ótima relação custo-benefício. Quer saber mais? Clique aqui!

ESPECIAL: O Chile no top 10 - Don Alfonso Larraín, presidente e sócio da Concha y Toro, mostra o que torna sua empresa uma das 10 maiores no mundo do vinho

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Estudo sobre consumo de vinho e gravidez gera polêmica entre especialistas

+ Vinícola arrecada US$ 30 mil para apoiar luta contra câncer de mama

+ Estudo mostra que café pode diminuir risco de tumor cerebral
+ Enfermeiros e médicos são os profissionais que mais consomem café, diz estudo

+ Café diminui o risco de gota em idosas, diz estudo

Da redação

Publicado em 8 de Outubro de 2010 às 10:05


Notícias