Revista ADEGA
Busca

20.jan - Falta de informação, um grande problema

Falta de informação sobre vinhos é o maior problema dos brasileiros


Um estudo inédito sobre o mercado nacional de vinhos e espumantes do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) será apresentado hoje no Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Bento Gonçalves, RS. Trata-se de uma pesquisa focada nas preferências dos consumidores brasileiros e que terá como objetivo aumentar o consumo das bebidas derivadas da uva no Brasil.

O estudo revelou que as reações dos consumidores variam regionalmente. Como era de se esperar, o melhor nível de informação e interesse veio do Rio Grande do Sul. Já os paulistas tende a identificar melhor o vinho comum do que o gaúcho, mas exibe confusão nas outras categorias.

A pesquisa ainda identificou o maior problema do mercado: a falta de informação. Quando indagados sobre a composição da bebida, por exemplo, 68% dos entrevistados afirmaram que outras frutas, além da uva, podem dar origem ao vinho. Também há grande confusão entre vinhos e não-vinhos, principalmente com relação a sidras e espumantes. 58% das pessoas que dizem ter consumido espumantes na verdade referiram-se a marcas de sidras. Sobre os produtos que fazem parte do mundo dos vinhos, somente 8% uniram os espumantes a essa categoria. 

O levantamento dos dados foi feito pela Market Analysis, que ouviu 1.037 pessoas entre 18 e 69 anos em três capitais do país - Porto Alegre, São Paulo e Recife. O trabalho também contou com o apoio do Governo do Estado, com o repasse de 25% do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura do Rio Grande do Sul (Fundovitis). 

Redação
Publicado em 20/01/2009, às 08h09 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h45


Mais Notícias