Vinho - 22.Jan

Feira australiana de vinhos causa polêmica por usar termo Natural


A feira inaugural de vinhos naturais de Sidney já está causando controvérsia depois de um escritor dizer que enólogos estão incomodados com o uso do termo "natural' para o evento. Rootstock Sydney irá oferecer mais de 100 vinhos de 30 produtores.

divulgação

Segundo o site do evento os produtores escolhidos "dividem filosofias na viticultura e sustentabilidade". A maioria dos exibidores é australiana, e dividirão lugar com italianos, franceses, gregos, eslovenos, norte-americanos, neozelandeses e espanhóis."Nós não sentimos que precisamos usar o termo natural", diz o jornalista de vinhos, Mike Bennie, sobre o evento, que ele costuma denominar como Festival de Comida e Vinhos Artesanais e Sustentáveis.  "Nós não queremos ser dogmáticos. Artesanais e sustentáveis são diferentes do que se chama de Natural", acrescenta.

De acordo com o jornalista australiano Max Allen, essa discórdia existe na Austrália por causa do domínio dos grandes produtores que se consideram "naturais" ou "artesanais", e isso incomoda os pequenos produtores que realmente produzem vinhos naturais.  "Em muitos casos, eles não estão trabalhando muito longe do "natural" de qualquer maneira. Há muito vinho industrial feito aqui, mas nos níveis mais baixos, a maioria dos viticultores australianos já esta praticamente fazendo a coisa certa", explicou ele.

Mais notícias sobre vinhos...

Australianos criam vinho propriedades benéficas mais potentes
Trinchero deixa de usar nome em rótulo por problemas legais
Faculdade em Cambridge faz conferência em homenagem menção ao Haut Brion
Divulgados ganhadores do prêmio Wines of Chile 2013
50 Tons de Escuridão aumenta popularidade de vinho

Da redação

Publicado em 22 de Janeiro de 2013 às 09:09


Notícias