Revista ADEGA
Busca

Vinho - 26.Mai - França

França continua o país mais associado a vinhos finos


Um estudo feito pelo grupo britânico Wine Intelligence, mostrou que a França ainda é a principal referência quando se trata de vinhos finos.

A pesquisa contou com quatro mil consumidores regulares da bebida, provenientes do no Reino Unido, dos Estados Unidos e da Suíça. Os três países elegeram a França como a nação mais associada a vinhos finos e luxuosos.

O estudo também perguntou aos consumidores qual era o fator de maior relevância quando compravam um vinho fino. A característica considerada mais importante foi a tradição, seguida pela origem e depois pela raridade.

No Reino Unido, mais de um milhão de pessoas compram uma garrafa de vinho pelo menos uma vez ao mês. Nos Estados Unidos, esse número aumenta para mais de três milhões de pessoas.

Apesar da pesquisa ter sido feita com consumidores de vinhos mais esclarecidos sobre o assunto, é preciso destacar que o mercado vitivinícola não é feito apenas por consumidores regulares de bebidas finas. De acordo com o pesquisador do Wine Intelligence, Lulie Halstead, "muitos dos compradores são aqueles consumidores regulares de vinhos que, de vez em quando, compram um mais fino para ocasiões especiais".

"Os consumidores de vinhos finos e luxuosos não se restringem apenas aos leitores de revistas especializadas ou aos seguidores de Robert Parker", disse o pesquisador em referência ao famoso crítico de vinhos americano.

Redação
Publicado em 26/05/2010, às 07h46 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias