Revista ADEGA
Busca

França imita o Novo Mundo para reconquistar Grã-Betanha



O vinho francês, que sempre foi a bebida preferida dos britânicos, está tentando recuperar o terreno perdido para as marcas do Novo Mundo, que ganharam espaço no mercado inglês nos últimos anos. No lugar das denominações regionais que distinguem os diferentes vinhos, os rótulos franceses agora vêm com a experiência desejada pelo consumidor, desde "noite em casa", "noites fora de casa", até "celebrações ao ar livre" e "Natal". Com esses rótulos mais descompromissados, os produtores franceses buscam uma fatia importante dos consumidores britânicos: os iniciantes no mundo do vinho, altos consumidores da bebida produzida no Novo Mundo.

Os ingleses, que sempre tiveram a cerveja como bebida mais consumida, aumentaram o consumo de vinho em 25% desde 2000 e agora gastam mais com a bebida do que com cerveja. Os franceses ainda são preferenciais, mas os vinhos australianos, seu principal rival, conquistaram espaço, além do Chile, Estados Unidos e África do Sul.

Fernando Roveri
Publicado em 13/11/2006, às 16h49 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias